Conheça mais sobre o verniz e sua maneira prática de proteger a madeira

Avalie este item
(1 Voto)
É possível que você já tenha ouvido a seguinte expressão: vai envernizar?
Pois é, o verbo significa lustrar, polir, cobrir de verniz e é uma prática
bastante utilizada para quem tem móveis, portas, portões ou janelas de
madeira.
 
Mas, você sabe o que é verniz? Trata-se de uma película quase transparente,
que tem como fim dar o acabamento a uma peça em madeira.
 
Em sua composição tradicional ele contém óleo secante, resinas e um
solvente. Mas, para que “envernizar”? Bem, além de proporcionar uma
maior durabilidade e proteção a sua madeira, ele também oferece mais
embelezamento e vida ao móvel.
 
Outro produto semelhante ao verniz é o poliuretano. Eles são parecidos no
que diz respeito a aparência e a forma de aplicar. Todavia, o poliuretano
possui óleo ou água em sua composição.
 
Se você tem interesse em dar aquela levantada na sua madeira, então,
leia esse artigo.
 
Atenção!
 
Aplicar o verniz em um móvel, porta, piso ou janela não é nenhum bicho de
sete cabeças. Com concentração e um pouco de prática é possível que uma
pessoa sem grande experiência possa realizar o trabalho.
 
Com alguns cuidados é possível obter um resultado satisfatório. Não esqueça
que o verniz é um produto químico, e como todo produto químico, é
necessário se precaver. Para isso, lá vai algumas dicas:
 
Cuide do ambiente: em qualquer trabalho, organização é primordial. Antes
de começar, prepare o ambiente. Cubra o chão para não sujar o piso, retire
cortinas, espelhos, lustres, proteja os móveis do local. Agindo assim você
evitará sujeira e mais trabalho ao terminar.
 
Organize o material: Separe todo as ferramentas que irá utilizar e deixe
com fácil acesso. É importante também limpar o material de forma correta.
Não esqueça de secar todo o equipamento antes de guardar e limpar com
aguarrás ou thinner.
 
Higiene e limpeza: Outro fator que merece grande atenção é o cuidado com
você. Sempre use luvas de borracha para evitar o contato com a pele. Após o
uso lave sempre as mãos com água e sabão. Muita prudência com a área dos
olhos. Se houver o contato, lave-os com bastante e água e procure um
médico oftalmologista. Evite o contato com a pele (use luvas de borracha),
 
caso ocorra, lave com água e sabão. Alérgicos não podem utilizar, não faça
inalação ou ingestão. E claro, mantenha o verniz longe do alcance de
crianças.
 
Não esqueça do equipamento de segurança pessoal. Os óculos contra
respingos de produtos químicos, luvas e máscara de proteção facial. Depois
dos cuidados externos, vamos para o trabalho.
Aplicação do verniz
Primeiro você precisa calcular o quanto precisa comprar. A embalagem do
produto tem a informação de quantos metros ela poderá fazer. Faça com
economia e segurança.
 
Não adianta comprar demais porque depois de aberto o verniz não poderá
ser guardado por muito tempo. O ideal é utilizar todo o material. Verifique
também a data de validade.
 
Antes de aplicar é preciso lixar a madeira. Isso é necessário para remover
algum acabamento e também para melhor aglutinação do verniz. Depois de
lixar não esqueça de passar um pano úmido para remover a sujeira. Não
esqueça de mexer bem a lata de verniz antes e durante a aplicação.
 
A aplicação será mais satisfatória se for feita com movimentos longos, retos
e suaves. Outra dica importante é o modo de segurar o pincel, somente a
ponta deverá tocar a madeira, então, segure na vertical. E tem mais, a
escolha de um bom pincel faz toda a diferença. Os de pelo natural costumam
ter maior absorção e evitam as terríveis linhas.
 
Jamais utilize palha de aço para lixar a sua madeira, ela pode danificar o seu
acabamento e o seu trabalho ir por água abaixo.
 
Se você não é uma pessoa de muita paciência, então sugiro que procure um
profissional. É fundamental que sejam aplicadas camadas finas. Depois que a
primeira camada secar e enquanto ela estiver secando, não tire a madeira do
lugar.
 
Ah! Essa secagem pode levar bastante tempo, depende da temperatura e
umidade do ambiente. Evite dias muito frios, o tempo para secar será maior
e a poeira certamente estará presente. Dias quentes demais também não são
recomendados. Eles favorecem o aparecimento das terríveis bolhas. Procure
um dia com a temperatura equilibrada.
 
Outro detalhe importante é passar a lixa depois que a primeira camada
estiver totalmente seca. Somente assim a próxima camada terá uma
aderência satisfatória. Esse processo deverá se repetir se houver uma
terceira, quarta ou quinta camada... aí vai depender do tipo de madeira que
está sendo envernizada.
 
Se a madeira é nova, crua, é preciso “selar”. Calma, não é nada do outro
mundo. O selante nada mais é do que o próprio verniz diluído. É só diluir a
25% com um solvente.
 
O verniz dissolvido vai adentrar melhor na madeira virgem. Esse
procedimento deverá ser executado somente ne primeira camada, nas
demais, não deverá haver diluição.
 
Se por acaso você pretende dar vida a um móvel antigo, que já tem verniz,
então o caminho é outro. É preciso remover todo o produto usando um
removedor. O resultado será bem melhor.
 
Não é todo consumidor que tem o hábito de ler as instruções do produto.
Essa prática é muito importante, principalmente quando se trata de um
produto químico. Quer ter sucesso no seu trabalho? Leia com atenção o
conteúdo da embalagem.
 
Onde encontro Verniz?
 
Depois da leitura desse artigo, você já sabe um pouco mais sobre a forma e
os cuidados para envernizar. É preciso agora saber onde adquirir o
material para realizar o trabalho no ambiente ou móvel que desejar.
 
É por isso que você deve procurar quem mais entende do assunto: a
Madeireira São José. Além do atendimento diferenciado, os colaboradores
ainda irão orientar suas compras de acordo com o seu orçamento. Já são 28
anos trabalhando pela satisfação plena de todos os clientes.
 
Além do verniz, você encontra também pincéis, espátulas, escada, rolos,
lixas e muitos outros produtos para sua reforma ou construção. Para
viabilizar ainda mais a sua vida, o contato poderá ser feito via WhatsApp:
(85)98736-4368, (85)98902-2126. Outros números para contato: (85)3471-
2739 (Araturi), (85)8865-5840.
voltar ao topo